Canguçu, quarta-feira, 23 de agosto de 2017, 10h33
Compartilhe:
EDUCAÇÃO - 14/08/2017
Alberto Wienke usa a fotografia para humanizar as aulas
Foto: Divulgação/Canguçu On Line
A terceira etapa do projeto propôs a produção de uma imagem refletida na água, cujo resultado pode ser conferido na galeria de imagens logo abaixo
A terceira etapa do projeto propôs a produção de uma imagem refletida na água, cujo resultado pode ser conferido na galeria de imagens logo abaixo
A terceira etapa do projeto propôs a produção de uma imagem refletida na água, cujo resultado pode ser conferido na galeria de imagens logo abaixo

Projeto “O registro de mim, dos outros e do mundo”, coordenado pela professora Marlise Buttow, concilia os registros feitos com o aparelho celular e as atividades da área, como produção de texto, legendas e poesias

Na Escola Estadual Alberto Wienke, localizada no Herval, 2º Distrito de Canguçu, um projeto que trabalha a língua portuguesa para o Ensino Fundamental, conciliando a produção de fotografias, conquistou o envolvimento dos alunos do 8º e 9º anos.

Criado e coordenado pela professora Marlise Buttow, com a intenção de despertar o interesse dos alunos pelo conteúdo, o projeto tem o nome “O registro de mim, dos outros e do mundo”.

— O projeto tem feito com que os alunos não vejam mais as atividades como uma obrigação curricular, mas como uma oportunidade de aprendizado e desenvolvimento — avalia a docente.

Dividido em cinco etapas, o projeto conversa com a fotografia e o Português — disciplina com a qual Marlise trabalha na escola — mesclando os registros feitos com o aparelho celular e as atividades da área, como produção de texto, legendas e poesias, ao mesmo tempo em que são trabalhados aspectos textuais como concordância, acentuação e pontuação.

A primeira etapa se deu com a produção de um registro de si mesmo, em um trabalho da percepção do indivíduo, em paralelo com o conceito de narcisismo.

A segunda, propôs aos alunos o registro de uma atividade que lhes trouxesse prazer, exercitando o respeito pelo que o outro produziu, pelo gosto que o outro colega possui.

— Este é um fator importante no combate à intolerância e ao preconceito. Buscamos uma sociedade mais madura, e um mundo melhor — justifica.

No decorrer desta atividade, registros como o ‘trabalho na lavoura’ e o ‘jogo de cartas com os avós’ chamaram a atenção de Marlise, que percebeu nos alunos uma forte valorização de familiares, como irmãos menores, pais e avós.

A terceira etapa propôs a produção de uma imagem refletida na água, cujo resultado pode ser conferido na GALERIA DE IMAGENS logo abaixo. A quarta fase trabalhará os elementos da natureza e, a quinta e última, a relação dos alunos com quem os rodeia.

— Eu nunca tinha parado para olhar para esses pequenos detalhes. Nunca tinha observado como isso tudo é tão bonito — disse uma aluna participante do projeto à professora Marlise, após apreciarem juntas uma foto de um aglomerado de cogumelos.

“O registro de mim, dos outros e do mundo” é construído em conjunto pelos 33 alunos do 8º ao 9º ano da Escola Estadual Alberto Wienke. Os primeiros passos foram dados no começo do ano letivo e foram inspirados a partir da leitura de um artigo destacando o mundo visual e tecnológico da atualidade, e se estenderá até dezembro, sendo exposto aos alunos de outras turmas da escola.

— Eu acho que a gente acaba transformando os alunos em pessoas mais sensíveis e, consequentemente, mais humanas. Eles vão ver que tudo o que foi trabalhado tem uma significação no meio em que estamos inseridos — destaca a professora, orgulhosa do envolvimento dos alunos no projeto.


Informações: Canguçu On Line (www.cangucuonline.com.br)

Veja mais imagens:
Confira também:
ETEC tem agenda cheia de atrações na Semana da Juventude
Unopar de Canguçu forma 150 profissionais ao ano
COOESC transporta mais de 1 mil pessoas por dia para Pelotas
ETEC e João de Deus Nunes voltam às aulas
Escolas municipais retornam às aulas
Termina nesta sexta-feira (28) o prazo para inscrição no Fies
Professora da ETEC tem trabalho aprovado por Universidade de Portugal
Prezado leitor:
- Para enviar um comentário, é preciso possuir uma conta no Facebook e fazer login nela.
- O comentário é de inteira responsabilidade do autor da mensagem e não representa a opinião do site Canguçu On Line.
 
ENQUETE
Sobre a exposição de veículos para venda em via pública:
Deve ser liberada.
Deve ser limitada a 2 veículos por estabelecimento.
Deve ser proibida.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
08:37:07
Conheça o atendimento da psicóloga J...
08:31:40
Conheça o Studio de Atividade Física...
08:30:10
NovaNET com agilidade e velocidade p...
08:20:58
Conheça a Radiol Centro de Diagnósti...
22.08.17
Ex-diretor do Hospital de Caridade d...
22.08.17
Família Rutz é exemplo da permanênci...
22.08.17
Supermercados Heling com novas ofert...
22.08.17
Oportunidade de emprego para área de...
22.08.17
Liquidação de inverno na Kids Mania...
22.08.17
Conheça a linha de ambientes planeja...
22.08.17
Dentes tortos podem causar dor de ca...
22.08.17
Marmoraria Duarte: tudo em mármores,...
22.08.17
Vital Pet Consultório Veterinário: t...
21.08.17
Entenda a divulgação de nomes e foto...
21.08.17
Homens são presos por suspeita de ro...
21.08.17
Afubra com colchões para você ter um...
21.08.17
Suspeitos de matar Pedro Caçapava tê...
21.08.17
Agência Sine de Canguçu divulga vaga...
21.08.17
Constrular: acabamentos para obra, i...
21.08.17
Dia dos pais Lojas Afubra: presentes...
+
Lidas
1
Funerária Santo Antônio: 50 anos de experiên...
2
Conheça a Radiol Centro de Diagnóstico por I...
3
Entenda a divulgação de nomes e fotos em cas...
4
Suspeitos de matar Pedro Caçapava têm 21 e 2...
5
Conheça o atendimento da psicóloga Josiane M...
6
Conheça o Studio de Atividade Física Stael P...
7
Mulher é assaltada e ferida na Avenida 20 de...
8
Os detalhes do assalto a uma mulher grávida ...
9
Conselho Tutelar é recebido com violência no...
10
Conheça as novas instalações da Pastelaria P...
  • Canguçu On Line
Canguçu On Line - O Jornal diário de Canguçu © 2017 - Todos os direitos reservados