Canguçu, sexta-feira, 24 de novembro de 2017, 14h43
Compartilhe:
EDUCAÇÃO - 05/09/2017
Cpers aprova greve do magistério por tempo indeterminado
Foto: Maia Rubim/Sul21
A decisão foi tomada durante a Assembleia Geral do CPERS, mesta terça-feira (5), em Porto Alegre
A decisão foi tomada durante a Assembleia Geral do CPERS, mesta terça-feira (5), em Porto Alegre
A decisão foi tomada durante a Assembleia Geral do CPERS, mesta terça-feira (5), em Porto Alegre

Milhares de educadores gaúchos decidiram deflagrar greve por tempo indeterminado, a partir desta terça-feira (5). A decisão foi tomada durante a Assembleia Geral do CPERS/Sindicato, realizada no Largo Glênio Peres, em Porto Alegre.

O retorno às escolas, assim como a recuperação dos dias parados, está condicionado, conforme aprovado na Assembleia, ao fim do parcelamento dos salários e do 13º e ao pagamento dos juros que os educadores tiveram que pagar ao Banrisul devido aos 21 meses de salários parcelados pelo governo.


Professores registram ocorrência após receberem apenas R$ 350


 

Ao dar início a Assembleia, a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer, frisou a péssima gestão do governo de José Ivo Sartori (PMDB) e a calamidade feita com toda a categoria e demais servidores ao pagar, no final de agosto, apenas R$ 350,00.

— Nós não precisamos de esmolas, somos profissionais e exigimos respeito. Nossa categoria está com suas contas atrasadas, pagando juros absurdos ao banco e adoecendo devido a incompetência deste governo. O CPERS nunca se curvou diante de nenhum governo não será agora que irá se curvar — afirmou.

Nos próximos dias, o CPERS colocará na estrada a Caravana da Educação, que irá percorrer as escolas do Rio Grande do Sul para construir uma greve massiva.

— Durante a nossa caminhada, por onde passarmos, fecharemos as escolas em repudio ao descaso deste governo. Em cada cidade que estivermos faremos o bom debate com nossos colegas e toda a comunidade escolar para destacar a importância de paralisarmos nossas atividades neste momento de profundo desrespeito a todos os educadores e educadoras — explicou Helenir.

Durante a Assembleia, professores e funcionários de escola aprovaram também as seguintes mobilizações:

1 - Deflagração de greve, a partir de 05/09/2017;

2 - Auto Agenda com o Governo, após a Assembleia Geral, exigindo: o cumprimento da Constituição em relação ao pagamento dos salários e 13º em dia e integralmente; retirada dos projetos que atacam a categoria e que se encontram na Assembleia Legislativa; discussão das reivindicações da categoria;

3 - Eixos de lutas:
   Pelo pagamento integral do salário, do 13º e pelo fim dos parcelamentos;
   Pela retirada das PECs 261, 257, 242, 258 e do PL 148;
   Contra o arrocho salarial e pela reposição salarial;
   Defesa da democracia.

4 - Realização de Atos durante a Greve: Exigência ao MP da abertura das contas do governo e cobrança do ressarcimento dos valores relativos a Lei Kandir; Exigência do governo da lista dos maiores sonegadores, realizando atos em frente a sedes de alguns deles; Cobrança junto ao Judiciário pela revisão do contrato da dívida com a união;

5 - Composição do Comando Geral de Greve: direção central e 1(um) representante de cada força que tenha representação no Conselho Geral;

6 - Ato Público junto ao TJ/RS para que se posicione sobre a ação coletiva do Piso a fim de pressionar o Governo Sartori no cumprimento da política salarial;

7 - Luta pela garantia do IPE Público e de qualidade. Contra a divisão da autarquia;

8 - Realização de Ato Público Estadual, no dia 12/09/2017, na Praça da Matriz, com pressão contra a votação do PL e das PECs que atacam nossos direitos e pela nossa pauta de reivindicações. Acampamento, a partir desta data, com a participação no Dia de Lutas, em 14/09/2017;

9 - Atos Públicos fortes, concomitantes em todo Estado;

10 - Realização da Caravana da Educação em defesa da educação pública e da gestão democrática;

11 - Potencialização do investimento financeiro nas Caravanas da Educação, em material e mídia alternativa relativos a mobilização da greve, especialmente no espaço das rádios comunitárias;

12 - Participação na construção da greve Geral contra a Anti-Reforma da Previdência e soma de forças nas iniciativas pela revogação da Anti-Reforma Trabalhista, chamadas pelas centrais sindicais;

13 - Participação na construção do 03 de outubro, da Campanha da CNTE na Luta em defesa da Petrobrás e Soberania;

14 - Realização de caminhada do Largo Glênio Peres até o Palácio Piratini com a realização de Ato Contra os Desmandos do Governo Sartori.


Informações: CPERS/Sindicato

Confira também:
Município debate tratamento para crianças com autismo
FOTOS: Escola Gonçalves Dias é destaque nacional
Segundo dia de provas do ENEM é neste domingo
Inscrições abertas para fundamental e médio da Escola João de Deus Nunes
1,4 mil alunos farão o ENEM em Canguçu
João de Deus Nunes abre inscrições para Fundamental e Médio no dia 6
10 apostas de qual será o tema da redação do Enem 2017
Prezado leitor:
- Para enviar um comentário, é preciso possuir uma conta no Facebook e fazer login nela.
- O comentário é de inteira responsabilidade do autor da mensagem e não representa a opinião do site Canguçu On Line.
 
ENQUETE
Sobre a exposição de veículos para venda em via pública:
Deve ser liberada.
Deve ser limitada a 2 veículos por estabelecimento.
Deve ser proibida.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
10:11:57
Brigada Militar realiza mais uma Ope...
09:06:53
Placa de PARE é invertida próximo à ...
08:50:06
Senna Auto Center: cuidando do seu v...
08:50:00
LM Baterias com deslocamento grátis ...
08:49:27
Funerária Santo Antônio: 50 anos de ...
08:40:45
Natal antecipado é na Estillosa...
08:25:22
Sicredi Seguro Residencial sorteia p...
23.11.17
Polícia Civil realiza busca e apreen...
23.11.17
Igreja Matriz divulga programação da...
23.11.17
Sicredi contrata Jovem Aprendiz...
23.11.17
O Black Friday está de volta no Baza...
23.11.17
Adquira captação de energia solar no...
23.11.17
Pastelaria Paz com cervejas artesana...
23.11.17
Confira as ofertas do Supermercado H...
23.11.17
Dra Stela Mota fala sobre ronco e ap...
22.11.17
Reforma Trabalhista permite demissão...
22.11.17
Veja os horários de ônibus para o in...
22.11.17
Últimos dias de inscrições para o Co...
22.11.17
Leitora faz campanha para pagar ciru...
22.11.17
Roteiros e horários da coleta seleti...
+
Lidas
1
Funerária Santo Antônio: 50 anos de experiên...
2
Conheça a Radiol Centro de Diagnóstico por I...
3
Saiba mais sobre o atendimento psicológico d...
4
Pastelaria Paz com cervejas artesanais...
5
Marmoraria Duarte: tudo em mármores, granito...
6
Confira os serviços da Clínica Brasil Canguç...
7
Conheça o Studio de Atividade Física Stael P...
8
Senna Auto Center: cuidando do seu veículo...
9
Mulher de 69 anos morre em grave acidente na...
10
Móveis Rústicos em madeira você encontra na...
  • Canguçu On Line
Canguçu On Line - O Jornal diário de Canguçu © 2017 - Todos os direitos reservados