Canguçu, domingo, 25 de fevereiro de 2018, 00h36
Compartilhe:
EDUCAÇÃO - 05/09/2017
Cpers aprova greve do magistério por tempo indeterminado
Foto: Maia Rubim/Sul21
A decisão foi tomada durante a Assembleia Geral do CPERS, mesta terça-feira (5), em Porto Alegre
A decisão foi tomada durante a Assembleia Geral do CPERS, mesta terça-feira (5), em Porto Alegre
A decisão foi tomada durante a Assembleia Geral do CPERS, mesta terça-feira (5), em Porto Alegre

Milhares de educadores gaúchos decidiram deflagrar greve por tempo indeterminado, a partir desta terça-feira (5). A decisão foi tomada durante a Assembleia Geral do CPERS/Sindicato, realizada no Largo Glênio Peres, em Porto Alegre.

O retorno às escolas, assim como a recuperação dos dias parados, está condicionado, conforme aprovado na Assembleia, ao fim do parcelamento dos salários e do 13º e ao pagamento dos juros que os educadores tiveram que pagar ao Banrisul devido aos 21 meses de salários parcelados pelo governo.


Professores registram ocorrência após receberem apenas R$ 350


 

Ao dar início a Assembleia, a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer, frisou a péssima gestão do governo de José Ivo Sartori (PMDB) e a calamidade feita com toda a categoria e demais servidores ao pagar, no final de agosto, apenas R$ 350,00.

— Nós não precisamos de esmolas, somos profissionais e exigimos respeito. Nossa categoria está com suas contas atrasadas, pagando juros absurdos ao banco e adoecendo devido a incompetência deste governo. O CPERS nunca se curvou diante de nenhum governo não será agora que irá se curvar — afirmou.

Nos próximos dias, o CPERS colocará na estrada a Caravana da Educação, que irá percorrer as escolas do Rio Grande do Sul para construir uma greve massiva.

— Durante a nossa caminhada, por onde passarmos, fecharemos as escolas em repudio ao descaso deste governo. Em cada cidade que estivermos faremos o bom debate com nossos colegas e toda a comunidade escolar para destacar a importância de paralisarmos nossas atividades neste momento de profundo desrespeito a todos os educadores e educadoras — explicou Helenir.

Durante a Assembleia, professores e funcionários de escola aprovaram também as seguintes mobilizações:

1 - Deflagração de greve, a partir de 05/09/2017;

2 - Auto Agenda com o Governo, após a Assembleia Geral, exigindo: o cumprimento da Constituição em relação ao pagamento dos salários e 13º em dia e integralmente; retirada dos projetos que atacam a categoria e que se encontram na Assembleia Legislativa; discussão das reivindicações da categoria;

3 - Eixos de lutas:
   Pelo pagamento integral do salário, do 13º e pelo fim dos parcelamentos;
   Pela retirada das PECs 261, 257, 242, 258 e do PL 148;
   Contra o arrocho salarial e pela reposição salarial;
   Defesa da democracia.

4 - Realização de Atos durante a Greve: Exigência ao MP da abertura das contas do governo e cobrança do ressarcimento dos valores relativos a Lei Kandir; Exigência do governo da lista dos maiores sonegadores, realizando atos em frente a sedes de alguns deles; Cobrança junto ao Judiciário pela revisão do contrato da dívida com a união;

5 - Composição do Comando Geral de Greve: direção central e 1(um) representante de cada força que tenha representação no Conselho Geral;

6 - Ato Público junto ao TJ/RS para que se posicione sobre a ação coletiva do Piso a fim de pressionar o Governo Sartori no cumprimento da política salarial;

7 - Luta pela garantia do IPE Público e de qualidade. Contra a divisão da autarquia;

8 - Realização de Ato Público Estadual, no dia 12/09/2017, na Praça da Matriz, com pressão contra a votação do PL e das PECs que atacam nossos direitos e pela nossa pauta de reivindicações. Acampamento, a partir desta data, com a participação no Dia de Lutas, em 14/09/2017;

9 - Atos Públicos fortes, concomitantes em todo Estado;

10 - Realização da Caravana da Educação em defesa da educação pública e da gestão democrática;

11 - Potencialização do investimento financeiro nas Caravanas da Educação, em material e mídia alternativa relativos a mobilização da greve, especialmente no espaço das rádios comunitárias;

12 - Participação na construção da greve Geral contra a Anti-Reforma da Previdência e soma de forças nas iniciativas pela revogação da Anti-Reforma Trabalhista, chamadas pelas centrais sindicais;

13 - Participação na construção do 03 de outubro, da Campanha da CNTE na Luta em defesa da Petrobrás e Soberania;

14 - Realização de caminhada do Largo Glênio Peres até o Palácio Piratini com a realização de Ato Contra os Desmandos do Governo Sartori.


Informações: CPERS/Sindicato

Confira também:
Aulas da rede municipal começam na segunda
Estudantes devem atualizar informações para receber o Passe Livre
Projeto Escola no Campo mudará a rotina dos alunos no interior
Inscrições na UFPel para estudantes de Canguçu até domingo
Colégio Aparecida retorna às aulas
Estudantes de Canguçu disputam 101 vagas da UFPel
Matrículas da Escola João de Deus Nunes encerram nesta sexta
Prezado leitor:
- Para enviar um comentário, é preciso possuir uma conta no Facebook e fazer login nela.
- O comentário é de inteira responsabilidade do autor da mensagem e não representa a opinião do site Canguçu On Line.
 
  • Canguçu On Line
  • Canguçu On Line
ENQUETE
Você é a favor ou contra o cancelamento do Carnaval de Rua 2018?
Sou a favor, o dinheiro economizado poderá ser investido em outras prioridadades
Sou contra, o município perde dinheiro, pois a população acaba saindo da cidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
24.02.18
As principais notícias da semana em ...
24.02.18
Acidente com feridos e danos materia...
24.02.18
Vida além da vida: Eternos pedintes...
23.02.18
Agência Sine divulga vagas de empreg...
23.02.18
Loja Tottal Casa e Conforto anuncia ...
23.02.18
Polícia prende dois homens com motos...
23.02.18
Estudantes devem atualizar informaçõ...
23.02.18
Por que a gasolina chega ao consumid...
23.02.18
LM Baterias com deslocamento grátis ...
23.02.18
Funerária Santo Antônio: 50 anos de ...
23.02.18
Senna Auto Center: manutenção preven...
23.02.18
Verão na Estillosa com descontos de ...
22.02.18
Lojas abrem até as 18h neste sábado...
22.02.18
Sexta-feira é dia de uvas finas na r...
22.02.18
Vazamento de água já dura 20 dias no...
22.02.18
Projeto Escola no Campo mudará a rot...
22.02.18
Municípios afetados debatem sobre a ...
22.02.18
Dra Stela Mota fala sobre ronco e ap...
22.02.18
Quinzena do preço baixo Lojas Estrel...
22.02.18
Já provou o delicioso açaí da Pastel...
+
Lidas
1
Funerária Santo Antônio: 50 anos de experiên...
2
Já provou o delicioso açaí da Pastelaria Paz...
3
Realize sua ultrassonografia na Radiol...
4
Marmoraria Duarte: tudo em mármores, granito...
5
Saiba mais sobre o atendimento psicológico d...
6
Studio Stael Palivorda com ambiente climatiz...
7
Surpreenda-se com o conforto deste lindo est...
8
Médica veterinária Tainá Gonçalves fala de F...
9
Mundo Real com promoção volta às aulas...
10
LM Baterias com deslocamento grátis até 30 q...
  • Canguçu On Line
Canguçu On Line - O Jornal diário de Canguçu © 2018 - Todos os direitos reservados