Canguçu, quinta-feira, 18 de janeiro de 2018, 17h17
Compartilhe:
SAÚDE - 30/11/2017
Família de Piratini pede ajuda para manter tratamento da filha
Foto: Reprodução
Maria foi diagnosticada com paralisia no diafragma, o que foi detectado ainda no hospital de Piratini, quando a menina teve bronquite e pneumonia, necessitando das funções dos pulmões que não responderam à altura
Maria foi diagnosticada com paralisia no diafragma, o que foi detectado ainda no hospital de Piratini, quando a menina teve bronquite e pneumonia, necessitando das funções dos pulmões que não responderam à altura
Maria foi diagnosticada com paralisia no diafragma, o que foi detectado ainda no hospital de Piratini, quando a menina teve bronquite e pneumonia, necessitando das funções dos pulmões que não responderam à altura

Uma família piratiniense que hoje dorme e acorda num hospital em Canoas, apelou às redes sociais para pedir ajuda para manter o tratamento da filha. Maria tem apenas cinco meses e, desde quando estava na barriga da mãe, Jaqueline Alves Nascimento, passou a oferecer  risco de vida para si e para sua mãe.

Nasceu com 37 semanas, pesando apenas 1 quilo e 675 gramas, o que fez os médicos deixa-la um mês na semi-intensiva, fator que elevou seu peso para 2 quilos e 800 gramas. Isso fez com que a mãe e o pai, Luís Paulo Mouller Duarte, achassem que a fase crítica havia ficado no passado. Não havia.

Maria foi diagnosticada com paralisia no diafragma, o que foi detectado ainda no hospital de Piratini, quando a menina teve bronquite e pneumonia, necessitando das funções dos pulmões que não responderam à altura. Imediatamente foram encaminhados para uma unidade em Pelotas e, a seguir, para Canoas.

— Estamos aqui desde o dia 07 de setembro. Ela já passou por uma cirurgia no diafragma que não deu o resultado esperado. Nossa Maria ficou entubada por dois meses e meio. Agora os médicos optaram por uma traqueostomia (intervenção cirúrgica que consiste na abertura de um orifício na traqueia e na colocação de uma cânula para a passagem de ar) — relata a mãe.

Foram feitos também exames específicos de investigação genética, já que ela apresenta fraqueza muscular e rigidez nos pés e mãos, a que os médicos chamam de “Doença de Base”.

Com tantos problemas, longe de casa e dos amigos, com a unidade hospitalar enfrentando atraso nos salários dos funcionários e também a falta de medicamentos e materiais médicos, a família vive dias difíceis e incertos.

— Estamos em uma situação bem precária. Tivemos que alugar uma Kitnet mobiliada que pertence a um estudante. Pagamos outro aluguel em Piratini, além de água, luz, fraldas, gás, sondas de aspiração e alimentação — relata Jaqueline.

O pai, Luís, ganha salário mínimo e, desse, sobra um pouco mais de R$ 300,00, pois durante a gravidez da filha ele contratou alguns empréstimos, que agora são descontados. A família pede ajuda para manter os custos por meio das redes sociais.

 

Campanha Bebê Maria Florência

Para quem desejar ajudar a família com uma doação de qualquer valor, pode realizar através de depósito em conta corrente ou transferência bancária.  

Banco: Banco do Brasil
Agência: 09660
Conta: 14.614-5
Titular: Jaqueline Alves Nascimento


Canguçu On Line, com informações de Nael Rosa

 

Confira também:
Médica veterinária Tainá Gonçalves fala de FIV/FELV
HCC recebe recurso de R$ 95 mil do Governo Estadual
Cadeirante busca atendimento em Canguçu para voltar a andar
Tempos de compartilhar humanidade
APAE terá R$ 200 mil a mais para alunos especiais em 2018
Campanha arrecada R$ 11,6 mil para criança de Piratini
HCC não tem previsão de pagar os funcionários
Prezado leitor:
- Para enviar um comentário, é preciso possuir uma conta no Facebook e fazer login nela.
- O comentário é de inteira responsabilidade do autor da mensagem e não representa a opinião do site Canguçu On Line.
 
  • Canguçu On Line
ENQUETE
Sobre a instalação de 3 semáforos entre a Av. Exército Nacional e a R. Júlio de Castilhos?
Sou a favor
Sou contra

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
16:07:56
Revestimentos e pisos modernos você ...
11:06:19
Igreja Matriz tem parede lateral pic...
09:39:34
Horários e roteiros do transporte co...
09:00:21
Promoção bombástica das Lojas Estrel...
08:55:48
E os pastéis doces da Pastelaria Paz...
08:50:42
Você sabe o que é Bitcoin?...
08:43:26
Supermercados Heling com novas ofert...
08:40:30
Dra Stela Mota fala sobre ronco e ap...
17.01.18
O futuro da ONG Morena Flor em novo ...
17.01.18
Saiba mais sobre o atendimento psico...
17.01.18
Faça sua mamografia na Radiol Centro...
17.01.18
Studio Stael Palivorda com ambiente ...
17.01.18
NovaNET com planos certos para atend...
16.01.18
VÍDEO: Como será a Abastecedora DM ...
16.01.18
Festa Campeira do CTG Joaquim Paulo ...
16.01.18
Para 80% dos motoristas do RS, fazer...
16.01.18
Escola Rodolfo Bersch é arrombada no...
16.01.18
Marmoraria Duarte: tudo em mármores,...
16.01.18
Móveis Rústicos em madeira você enc...
16.01.18
Kids Mania com lindas novidades de v...
+
Lidas
1
Funerária Santo Antônio: 50 anos de experiên...
2
Faça sua mamografia na Radiol Centro de Diag...
3
E os pastéis doces da Pastelaria Paz, já pro...
4
Marmoraria Duarte: tudo em mármores, granito...
5
Saiba mais sobre o atendimento psicológico d...
6
Studio Stael Palivorda com ambiente climatiz...
7
Dra. Stela Maris de Azevedo Mota Ortodontia ...
8
Kids Mania com lindas novidades de verão...
9
Móveis Rústicos em madeira você encontra na...
10
Médica veterinária Tainá Gonçalves fala de F...
  • Canguçu On Line
Canguçu On Line - O Jornal diário de Canguçu © 2018 - Todos os direitos reservados