Canguçu, sábado, 24 de fevereiro de 2018, 07h31
Compartilhe:
RURAL - 19/12/2017
MPA faz greve de fome contra a Reforma da Previdência
Foto: Facebook/Marcos Pinheiro
Em Canguçu, os camponeses do MPA mantiveram-se em greve de fome e jejum desde segunda-feira (11)
Em Canguçu, os camponeses do MPA mantiveram-se em greve de fome e jejum desde segunda-feira (11)
Em Canguçu, os camponeses do MPA mantiveram-se em greve de fome e jejum desde segunda-feira (11)

No final da tarde de quinta-feira (15), após oficializado o informe do adiamento da votação da Reforma da Previdência para fevereiro de 2018, o Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) encerrou os atos de protesto e mobilização em todo o país. Os protestos se desenvolviam a partir da greve de fome, iniciada há 10 dias, por três camponeses, na Câmara Federal, que culminou em mais de 40 grevistas espalhados em todo o país, bem como dezenas de jejuantes (que se dispunham a ficar 48h sem alimento) e centenas de militantes em ações continuas de intervenção e informação pública.

O protagonismo foi praticado pelos movimentos sociais vinculados à Via Campesina, apoiados por sindicatos, federações e centrais ligadas à CUT, entidades setoriais, organizações comunitárias e segmentos progressistas da igreja, além de senadores, deputados, vereadores e prefeitos de diversos partidos que demonstraram publicamente sua contrariedade com a reforma da morte proposta pelo governo. O objetivo dos grevistas de fome era a retirada da Reforma da Previdência da pauta de votações, o que o governo só se propunha a aceitar se não obtivesse o alcance do número de votantes satisfatório para a aprovação.

Conforme a avaliação dos dirigentes do MPA, a mobilização foi decisiva no sentido de pressionar e conscientizar parlamentares que estavam sendo coagidos pelo governo a trair o interesse de suas bases e votar em um projeto que beneficiaria apenas as camadas mais abastadas da população, retirando direitos e suprimindo o acesso ao sistema previdenciário justamente aos que mais precisam dele:

— Alguns precisarão passar fome por alguns dias, para impedir que muitos voltassem a passar fome por uma vida inteira —  relatou Frei Sérgio Görgen.

As palavras dele tornaram-se uma espécie de mantra e ganharam as ruas, apesar da resistência dos grandes meios de comunicação, que insistiram em prestar desserviço ao interesse público, noticiando apenas a pauta a partir do ângulo de interesse do governo. Depois de encerrado ato, grevistas e demais militantes que participaram do apoio às atividades em Brasília, compartilharam o desjejum a convite da Confederação Nacional dos Bispos do brasil (CNBB).

Em Porto Alegre, onde as atividades estiveram centradas em frente a assembleia legislativa, o ato de encerramento contou com aula pública da ex-ministra do desenvolvimento social, Tereza Campelo. O desjejum aos manifestantes foi servido através de frutas originárias do sistema de cultivo agroecológico. O mesmo procedimento foi adotado no município de Canguçu, onde camponeses da base do MPA mantinham-se em greve de fome e jejum desde segunda-feira (11).

— A luta de quem alimenta é pela vida, é pela justiça que nasce das greves, das lutas, das lágrimas e dos sonhos de um povo que sabe o que não quer e tem disposição pra construir o que queremos. Seguimos firmes, pois quem alimenta o Brasil, exige respeito — relataram integrantes do MPA.

O MPA, assim como os demais participantes dos atos de greve de fome e jejum público, prometem reforçar as mobilizações até fevereiro, especialmente voltadas ao diálogo com deputados em suas bases eleitorais, pelo país afora, conscientizando que a reforma da previdência, nos moldes propostos por Temer e Meirelles, é uma reforma de morte e precisa ser derrotada de forma permanente.

Informações: Associação Regional dos Pequenos Agricultores – ARPA

Confira também:
Municípios afetados debatem sobre a estiagem
VÍDEO: Fabris Prestes, presidente da Cooperativa União
MPA reivindica dois salários mínimos para vítimas da seca
VÍDEO: Falta de chuva prejudica lavouras em Canguçu
Perdas de 50% na agricultura e pecuária com estiagem
Aos 93 anos, Flora cuida da horta de olho na lua
Família de origem japonesa é a única a produzir uvas finas na Zona Sul do RS
Prezado leitor:
- Para enviar um comentário, é preciso possuir uma conta no Facebook e fazer login nela.
- O comentário é de inteira responsabilidade do autor da mensagem e não representa a opinião do site Canguçu On Line.
 
  • Canguçu On Line
  • Canguçu On Line
ENQUETE
Você é a favor ou contra o cancelamento do Carnaval de Rua 2018?
Sou a favor, o dinheiro economizado poderá ser investido em outras prioridadades
Sou contra, o município perde dinheiro, pois a população acaba saindo da cidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
23.02.18
Polícia prende dois homens com motos...
23.02.18
Por que a gasolina chega ao consumid...
23.02.18
LM Baterias com deslocamento grátis ...
23.02.18
Funerária Santo Antônio: 50 anos de ...
23.02.18
Senna Auto Center: manutenção preven...
23.02.18
Verão na Estillosa com descontos de ...
22.02.18
Lojas abrem até as 18h neste sábado...
22.02.18
Sexta-feira é dia de uvas finas na r...
22.02.18
Vazamento de água já dura 20 dias no...
22.02.18
Projeto Escola no Campo mudará a rot...
22.02.18
Municípios afetados debatem sobre a ...
22.02.18
Dra Stela Mota fala sobre ronco e ap...
22.02.18
Quinzena do preço baixo Lojas Estrel...
22.02.18
Já provou o delicioso açaí da Pastel...
22.02.18
VÍDEO: Supermercados Heling com ofer...
21.02.18
Maioria é contra a abertura do comér...
21.02.18
Foragido é preso por morte de idoso ...
21.02.18
Canguçu teve 1.192 demissões em 2017...
21.02.18
Inscrições na UFPel para estudantes ...
21.02.18
VÍDEO: Fabris Prestes, presidente da...
+
Lidas
1
Funerária Santo Antônio: 50 anos de experiên...
2
Já provou o delicioso açaí da Pastelaria Paz...
3
Realize sua ultrassonografia na Radiol...
4
Marmoraria Duarte: tudo em mármores, granito...
5
Saiba mais sobre o atendimento psicológico d...
6
Studio Stael Palivorda com ambiente climatiz...
7
Surpreenda-se com o conforto deste lindo est...
8
Médica veterinária Tainá Gonçalves fala de F...
9
Mundo Real com promoção volta às aulas...
10
LM Baterias com deslocamento grátis até 30 q...
  • Canguçu On Line
Canguçu On Line - O Jornal diário de Canguçu © 2018 - Todos os direitos reservados