Canguçu, segunda-feira, 29 de maio de 2017, 02h37
Compartilhe:
RURAL - 09/12/2016
'Nunca se mexeu tanto nas terras como nesta safra'
Foto: Divulgação/Emater
Exemplo negativo em sistema de plantio direto, sem palhada densa
Exemplo negativo em sistema de plantio direto, sem palhada densa
Exemplo negativo em sistema de plantio direto, sem palhada densa

Após anos de plantio convencional e desgaste dos solos até os anos 2000, parecia que este tipo de manejo aplicado nas lavouras anuais tinha ficado para trás. Mas, nesta safra 2016/2017, observa-se muitas lavouras por todo o município com solo revolvido por arados, subsoladores e grades niveladoras e/ou aradoras. Este manejo certamente é um retrocesso grande, mas que os produtores devem ter suas razões.

O plantio direto se fortaleceu nos últimos anos, pois os produtores de grãos, incentivados pelo aumento do preço da soja, se estruturaram para tal, com aquisição de tratores maiores, plantadeiras de plantio direto atualizadas, pulverizadores e colheitadeiras novas e/ou usadas.

Os extensionistas da Emater observam que são poucos agricultores que aplicam o sistema de plantio direto na palha com profissionalismo. Muitos utilizavam coberturas verdes, principalmente do azevém, para colocar o gado durante o inverno, já que muitas lavouras são arrendadas com esse compromisso, isto é, ceder as áreas da resteva para os proprietários colocarem o gado. Este manejo é totalmente prejudicial para as lavouras de grãos (milho e soja), porque os nossos solos são rasos e apresentam pouca matéria orgânica, fatores principais da falta de umidade no solo durante as estiagens localizadas e sazonais.

Segundo a Emater, o plantio direto precisa de palhada densa e raízes profundas das plantas de cobertura de inverno. A palhada regula a temperatura do solo para não esquentar nem esfriar demais, durante as oscilações térmicas entre o dia e a noite, ou entre os dias frios e os dias quentes com mudanças bruscas de temperatura. A palhada evita a erosão e causa supressão, (abafamento das sementes das plantas invasoras, não permitindo a sua emergência). A palhada apodrece aos poucos, servindo de fertilizante orgânico do solo, entre outras coisas.

As raízes das plantas de cobertura (azevém, aveia, tremoço, ervilhaca, etc.) e talvez a parte mais importante das plantas no sistema de plantio direto, fazem o papel de “microsubsoladores” do solo, abrindo galerias que, a medida que estas raízes vão apodrecendo, vão formando micro vasos (galerias), para que quando a água da chuva caia sobre o solo, ela infiltre e se armazene ali, permitindo as plantas ficarem sem chuvas por vários dias sem sentir a falta de umidade. Este período não tem tempo fixo, mas quanto melhor a cobertura do solo (mais folhas e raízes), maior será o tempo de conservação da umidade.

Por falar em umidade, a água no solo é disparado o principal fertilizante das plantas, pois é através da água que todos os fertilizantes (adubos) aplicados no plantio são absorvidos pelas plantas. Sem água nada feito, os adubos ficam lá lixiviando (entrando chão a dentro) ou sendo arrastados pela erosão das enxurradas.

"Ao contrário da maioria dos técnicos, me atrevo a dizer que a estrutura do solo (parte física do solo) é mais importante que a parte dos fertilizantes (química), pelo seguinte: sem umidade não há fertilizante eficiente" - comentou James Pureza.

Reforçando o beneficio da palhada densa, principalmente do azevém, elegemos o efeito alelopático que esta gramínea causa nas plantas invasoras, inibindo o seu nascimento e desenvolvimento, fator importantíssimo para controlar as principais plantas invasoras como milhã, papuã e a buva, que adora solos compactados para se desenvolver. Estes fatores, bem trabalhados, podem ajudar os produtores a minimizarem os custos e a produzirem melhor a cada ano.

Informações: James Barbosa Pureza - Extensionista Rural, Agropecuário e Técnico em Agricultura.

Veja mais imagens:
Confira também:
FOTOS: O lançamento da 50ª Expofeira de Canguçu
Feira Sabores da Terra comemora o segundo aniversário
Inspetoria recebe declaração anual de rebanhos
Verde Louro Azeites recebe programa do SBT
Temporal causa destruição no 5º Distrito
Família Schultz de Canguçu Velho e a produção de tabaco
Canguçu receberá R$ 6 milhões para 14 pontes de concreto
Prezado leitor:
- Para enviar um comentário, é preciso possuir uma conta no Facebook e fazer login nela.
- O comentário é de inteira responsabilidade do autor da mensagem e não representa a opinião do site Canguçu On Line.
 
ENQUETE
Sobre a exposição de veículos para venda em via pública:
Deve ser liberada.
Deve ser limitada a 2 veículos por estabelecimento.
Deve ser proibida.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
27.05.17
Vida além da vida: Nova Terra...
26.05.17
NovaNET procura administrador de red...
26.05.17
Semana Legislativa terá noite cultur...
26.05.17
Vacinação contra a gripe influenza é...
26.05.17
Camadas sobrepostas de mentiras, de ...
26.05.17
Operação Avante realiza abordagens c...
26.05.17
Semana Legislativa terá noite cultur...
26.05.17
Funerária Santo Antônio: 50 anos de ...
26.05.17
LM Baterias com deslocamento grátis ...
26.05.17
Coleção outono-inverno da Estillosa...
26.05.17
Escritório de Arquitetura Nicolle/Ja...
25.05.17
Ponte em más condições ocasiona acid...
25.05.17
Conheça o atendimento da psicóloga J...
25.05.17
De 22 a 27 de maio: semana dos móvei...
25.05.17
Lojas Frank: Tudo para sua casa e co...
25.05.17
Confira as ofertas dos Supermercados...
25.05.17
Conheça as novas instalações da Past...
24.05.17
Levante Popular da Juventude: Direta...
24.05.17
1ª Jornada Técnica da Figueira acont...
24.05.17
Congregação Luterana São Pedro inaug...
+
Lidas
1
Funerária Santo Antônio: 50 anos de experiên...
2
Conheça a Radiol Centro de Diagnóstico por I...
3
Vice-prefeito e secretário são vítimas de fu...
4
Ponte em más condições ocasiona acidente...
5
Conheça o atendimento da psicóloga Josiane M...
6
Hermes Rockenbach não é mais o gestor do Hos...
7
Laboratório Mogar Silveira: exames toxicológ...
8
Agência Sine de Canguçu divulga vagas de emp...
9
Congregação Luterana São Pedro inaugura nova...
10
Conheça as novas instalações da Pastelaria P...
  • Canguçu On Line
Canguçu On Line - O Jornal diário de Canguçu © 2017 - Todos os direitos reservados