Canguçu, terça-feira, 20 de fevereiro de 2018, 12h20
Compartilhe:
ESPAÇO DO LEITOR - 12/08/2017
O Diário de Anne Frank, de André Pereira
Foto: Foto: André Pereira
Na obra aludida Érico fala de um momento que, segundo muitos contam, foi extremamente complicado para o país, o momento que teve início com a tomada do poder em 64 pelos militares.
Na obra aludida Érico fala de um momento que, segundo muitos contam, foi extremamente complicado para o país, o momento que teve início com a tomada do poder em 64 pelos militares.
Na obra aludida Érico fala de um momento que, segundo muitos contam, foi extremamente complicado para o país, o momento que teve início com a tomada do poder em 64 pelos militares.

Existem muitos livros que não lemos mas só de ouvir falar já ficamos intrigados. E é exatamente esse ouvir falar que costuma despertar nosso interesse ou repúdio por uma obra. Tem um livro sobre o qual há tempos ouço falar — O Diário de Anne Frank —, mas que me desperta sentimentos de curiosidade e aversão.

Trata-se de um livro muito famoso e também extremamente triste. Por isso adio a leitura por tanto tempo e talvez nunca tenha coragem de ler. É um relato real. Um diário de uma garota judia que escrevia detalhes sobre sua rotina e de sua família durante a Segunda Guerra Mundial. Eles se esconderam em uma casa para não ser encontrados, durante o período em que os judeus eram assassinados pelo Terceiro Reich de Adolf Hitler.

Pouco antes de ser achada pelos soldados do Führer, escondida no sótão da casa, ela termina de escrever em seu diário uma confissão improvável e ao mesmo tempo emocionante, dizendo que, apesar de tudo que estava acontecendo com ela e com sua família, ainda tinha fé na humanidade.

A morte da menina Anne Frank coincidiu com a época da invenção do primeiro míssil. Algo que pode ser visto como um sugestivo símbolo não só daquela época, mas sobre a verdadeira capacidade dos seres humanos em evoluírem realmente e dialogarem.

O tal míssil inventado pelos alemães não era interplanetário como os que vemos serem lançados pela NASA hoje em dia, sua missão era exterminar inimigos.

Hoje, talvez pelo peso da consciência, e pelas informações a que temos acesso com tanta facilidade, muito se questiona sobre a legalidade da coleta e utilização das informações daquela guerra tão desumana, e questiona-se muito o fato de ter se conseguido alguns avanços científicos com o fato de acolherem informações que custaram tantas vidas humanas.

E a pergunta que fica é a de que será que conseguimos realmente aprender alguma lição com essa história toda de tantos sacrifícios humanos?   

O caso é que se quisermos mesmo evoluir, como Anne Frank acreditava ser possível, teremos que aprender a conversar; evitarmos brigas e competições; aprender a aceitar as diferenças uns dos outros, admitindo que a diversidade enriquece o mundo e o torna melhor.

André Pereira da Silva é escritor canguçuense, e tem em seu currículo quatro obras publicadas: "Súbito Despertar em Copacabana", "Poder e Imagem", "A Poetisa e o Caçador" e "O  Dom Quixote Farroupilha"

Confira também:
Vida além da vida: Invente a cada dia
Vida além da vida: Ressaca moral
Leitora reclama dos prejuízos com a estiagem
Leitor do Iguatemi relata prejuízos com a forte estiagem
Hospital de Caridade é contemplado com R$ 10 mil do Troco Amigo
Vida além da vida: Perdão liberta
João Popó comemora seus 108 anos
Prezado leitor:
- Para enviar um comentário, é preciso possuir uma conta no Facebook e fazer login nela.
- O comentário é de inteira responsabilidade do autor da mensagem e não representa a opinião do site Canguçu On Line.
 
  • Canguçu On Line
  • Canguçu On Line
ENQUETE
Você é a favor ou contra o cancelamento do Carnaval de Rua 2018?
Sou a favor, o dinheiro economizado poderá ser investido em outras prioridadades
Sou contra, o município perde dinheiro, pois a população acaba saindo da cidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
09:00:15
Surpreenda-se com o conforto deste l...
08:44:39
Kids Mania com promoção de descontos...
08:29:19
Marmoraria Duarte: tudo em mármores,...
08:11:37
Médica veterinária Tainá Gonçalves f...
19.02.18
Centrais sindicais protestam contra ...
19.02.18
Mundo Real com promoção volta às aul...
19.02.18
Revestimentos e pisos modernos você ...
19.02.18
Clínica Brasil agora é Brasil Odonto...
19.02.18
VICAN Transportes oferece rota exclu...
19.02.18
VÍDEO: Que tal pedalar neste verão c...
17.02.18
Horário de verão termina à meia-noit...
17.02.18
Trecho de 3,7 km da ERS-265 tem reca...
17.02.18
Vida além da vida: Invente a cada di...
17.02.18
VÍDEO: Malabarista uruguaio nas ruas...
17.02.18
Estudantes de Canguçu disputam 101 v...
17.02.18
Família de origem japonesa vende uva...
16.02.18
Canguçu teve 1.223 admissões e 1.192...
16.02.18
Setores da Prefeitura terão horários...
16.02.18
Paraíso da Moda abrirá loja em Cangu...
16.02.18
VÍDEO: Polícia Civil detalha a Opera...
+
Lidas
1
Funerária Santo Antônio: 50 anos de experiên...
2
Pastelaria Paz com cervejas artesanais e vin...
3
Faça sua mamografia na Radiol Centro de Diag...
4
Marmoraria Duarte: tudo em mármores, granito...
5
Studio Stael Palivorda com ambiente climatiz...
6
Dra. Stela Maris de Azevedo Mota Ortodontia ...
7
Surpreenda-se com o conforto deste lindo est...
8
Médica veterinária Tainá Gonçalves fala de F...
9
Mundo Real com promoção volta às aulas...
10
LM Baterias com deslocamento grátis até 30 q...
  • Canguçu On Line
Canguçu On Line - O Jornal diário de Canguçu © 2018 - Todos os direitos reservados