Canguçu, sábado, 18 de novembro de 2017, 02h39
Compartilhe:
SAÚDE - 06/10/2017
Saiba quando você deve chamar o SAMU
Foto: Felipe Madeira/Canguçu On Line
São quatro técnicos em Enfermagem, quatro condutores socorristas e uma enfermeira responsável que se dividem em rotinas de plantão para atender chamados que podem significar a salvação de uma vida
São quatro técnicos em Enfermagem, quatro condutores socorristas e uma enfermeira responsável que se dividem em rotinas de plantão para atender chamados que podem significar a salvação de uma vida
São quatro técnicos em Enfermagem, quatro condutores socorristas e uma enfermeira responsável que se dividem em rotinas de plantão para atender chamados que podem significar a salvação de uma vida

Falta de ar, infarto e acidente de motocicleta são as causas mais comuns nos chamados ao SAMU

Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Canguçu conta com 9 profissionais capacitados para atuar no atendimento de emergências no município.

São quatro técnicos em Enfermagem,quatro condutores socorristas e uma enfermeira responsável que se dividem em rotinas de plantão para atender chamados que podem significar a salvação de uma vida.

Canguçu On Line visitiou a equipe nesta semana, na base de atendimento junto ao prédio da Secretaria Municipal de Saúde (rua Franklin Máximo Moreira, no Centro), e bateu um papo sobre os desafios e o ritmo de trabalho desses profissionais.

Os plantões são diversificados: os condutores atuam 24 horas corridas, enquanto a carga horária dos técnicos em Enfermagem é de 12 horas e, a enfermeira responsável,cumpre 8 horas diárias.

Para comandar todo esse pessoal, é preciso capacitação e organização. Esses são os requisitos apresentados por Aline Barbosa, que é enfermeira responsável técnica e assistencial do SAMU.

Aline é especialista e pós-graduada em Urgência e Emergência pelo Grupo Hospitalar Conceição e instrutora em Atendimento Pré-Hospitalar pela Associação Cristã de Moços (ACM) - Região das Hortênsias. 

Ela conversou com o Canguçu On Line sobre o funcionamento da unidade no município.

— No atendimento, a maior dificuldade encontrada, geralmente, é identificar com clareza sobre a causa da ocorrência e o local onde aconteceu. Essa dificuldade se dá pela falta de precisão para informar o local e os sinais de estado de saúde da vítima, pois a pessoa que liga está passando por um momento de angústia e preocupação. As ligações para o telefone 192 caem em uma Central de Regulação de Urgências, em Pelotas. E, de lá, são direcionadas para a nossa unidade em Canguçu, para que possamos prestar o atendimento  — comenta.

Essa Central Reguladora atende diversas cidades vizinhas e é ela quem realiza a triagem de grau de risco e repassa as ocorrências para as cidades de origem enviarem uma ambulância ao local.

Aline ressalta a importância de esperar o atendimento com paciência, tendo em vista o grande número de ligações recebidas todos os dias. Isso gera uma ‘fila de espera’ e as ligações que estão no aguardo reproduzem uma música de fundo.

Este cenário, em meio ao nervosismo comum daquela situação, faz com que as pessoas desliguem o telefone para ligar novamente em seguida, na tentativa de conseguir atendimento de forma mais rápida. Isso acaba sendo um erro, uma vez que as novas ligações entram no final da fila e aumenta ainda mais o tempo de resposta de um atendente do outro lado da linha.

— Durante o atendimento pelo 192, é importante que o informante esteja próximo da vítima e repasse todos os sintomas e sinais ao médico atendente com a máxima exatidão possível, colaborando com a triagem. Também é preciso informar um ponto de referência do local em que se encontra, como número de telefone para contato, para evitar possíveis atrasos gerados pela dificuldade de localização do endereço — observa Aline.

Entre as causas mais comuns de chamados ao SAMU estão: falta de arinfarto e acidente de motocicleta. Este último, ocorre com grande frequência no interior do município onde, segundo, Aline, é motivado pela vasta extensão rural dos cinco distritos e pela falta de conscientização do uso do capacete.

— É comum, no interior, as pessoas irem de motocicleta e sem capacete até o comércio que fica perto de casa. Isso coloca em risco a vida do condutor. Em muitos atendimentos, o capacete estava na cena do acidente, mas não estava sendo usado.

A enfermeira aponta, ainda, para o grande número de chamados para atendimento psiquiátrico.

Em cada plantão, o SAMU de Canguçu conta com uma ambulância, com unidade básica para atendimento, enfermeiro, técnico de enfermagem e condutor socorrista, profissionais especializados e capacitados para o melhor atendimento.

Em casos de emergência próximos à unidade, Aline sugere iniciar o contato com a central telefônica 192, enquanto a equipe se prepara para o atendimento, que precisa ser liberado pela Central. Segundo as normas do SAMUnão pode ser deslocada uma ambulância sem o aval do médico atendente. O descumprimento desta medida é passível de punição.

Em situações em que há um acúmulo de pedidos de ajuda, a Central costuma entrar em contato com a Secretaria da Saúde de Canguçu para que o setor encaminhe uma ambulância para dar início imediato ao primeiro atendimento, enquanto os profissionais doSAMU não retornam do outro chamado.

— O maior desafio é prestar um serviço com qualidade e agilidade para atender e preservar a vida, realizar o transporte do paciente com qualidade até o Hospital, ter a consciência de que o primeiro atendimento é essencial e, se não for realizado de forma adequada, poderá acarretar em problemas futuros.


Confira os profissionais que atuam no SAMU de Canguçu:

Adriana Silva Ferreira - Técnica em Enfermagem
Vanderlei Farias Porto - Técnico em Enfermagem
José Francisco Rubira Dias Junior - Técnico em Enfermagem
Fábio do Espírito Santo - Técnico em Enfermagem
Marcos Herzog - Condutor Socorrista
João Carlos Silveira da Silva - condutor socorrista
Gilson Borges de Lima - Condutor Socorrista
Leonardo Lima de Souza - Condutor Socorrista
 

Quando chamar o SAMU 192?

a) Na ocorrência de problemas cardiorrespiratórios;
b) Em casos de Intoxicação exógena;
c) Em caso de queimaduras graves;
d) Na ocorrência de maus tratos;
e) Em trabalhos de parto onde haja risco de morte da mãe ou do feto;
f) Em casos de tentativas de suicídio;
g) Em crises hipertensivas;
h) Quando houver acidentes/traumas com vítimas;
i) Em casos de afogamentos;
j) Em casos de choque elétrico;
k) Em acidentes com produtos perigosos;

O SAMU 192 é um serviço gratuito e funciona 24 horas.


Informações: Canguçu On Line (www.cangucuonline.com.br)

Confira também:
Agenda de 6 à 11 de novembro da Clínica PróVida
Entenda o andamento da CPI do Hospital
Confira a agenda da semana da Clínica PróVida
PróVida alcança 1,7 mil credenciados em Canguçu
Dentes tortos podem causar dor de cabeça e problemas na articulação
VÍDEO: O depoimento de Beto Boemeke na CPI do Hospital
Ao vivo: Beto Boemeke será ouvido na CPI do Hospital nesta quarta
Prezado leitor:
- Para enviar um comentário, é preciso possuir uma conta no Facebook e fazer login nela.
- O comentário é de inteira responsabilidade do autor da mensagem e não representa a opinião do site Canguçu On Line.
 
ENQUETE
Sobre a exposição de veículos para venda em via pública:
Deve ser liberada.
Deve ser limitada a 2 veículos por estabelecimento.
Deve ser proibida.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
17.11.17
As principais mundanças da Reforma T...
17.11.17
Associação dos Contadores promove pa...
17.11.17
Conselho Administrativo da COOESC re...
17.11.17
5ª Semana da Consciência Negra de Ca...
17.11.17
Natal antecipado é na Estillosa...
17.11.17
Pensando em adquirir seu carro? Fina...
17.11.17
Senna Auto Center: cuidando do seu v...
17.11.17
LM Baterias com deslocamento grátis ...
17.11.17
Mega Feirão Lojas Frank: de 22 a 25 ...
17.11.17
Funerária Santo Antônio: 50 anos de ...
16.11.17
Confira as ofertas do Supermercado H...
16.11.17
Veja os seis casamentos anunciados p...
16.11.17
Horários de ônibus de Canguçu para o...
16.11.17
Divulgue no Canguçu On Line a sua b...
16.11.17
Município debate tratamento para cri...
16.11.17
Móveis projetados nas Lojas Estrela...
16.11.17
Já provou o pastel de camarão da Pas...
16.11.17
PASA Produtos Agrícolas traz à Cangu...
16.11.17
Entenda mais sobre a toxina botulíni...
15.11.17
Feriado para ver o Festival de Banda...
+
Lidas
1
Funerária Santo Antônio: 50 anos de experiên...
2
Horários de ônibus de Canguçu para outras ci...
3
Já provou o pastel de camarão da Pastelaria ...
4
Marmoraria Duarte: tudo em mármores, granito...
5
Confira os serviços da Clínica Brasil Canguç...
6
PASA Produtos Agrícolas traz à Canguçu: Ener...
7
Senna Auto Center: cuidando do seu veículo...
8
Conheça a linha de salas de jantar da Eletro...
9
Kids Mania com lindas novidades de verão...
10
Natal dos Sonhos é no Mundo Real ...
  • Canguçu On Line
Canguçu On Line - O Jornal diário de Canguçu © 2017 - Todos os direitos reservados