Canguçu, domingo, 21 de janeiro de 2018, 20h35
Compartilhe:
SAÚDE - 10/01/2018
Tempos de compartilhar humanidade
Foto: Canguçu On Line
 A internet ainda tem muito pouco tempo de vida, por isso, muita gente “não faz por mal”, apenas queria ter contado uma fofoca para os amigos ou mostrado a vergonha do outro, ela só queria rir um pouco ou especular a vida da vítima da vez
A internet ainda tem muito pouco tempo de vida, por isso, muita gente “não faz por mal”, apenas queria ter contado uma fofoca para os amigos ou mostrado a vergonha do outro, ela só queria rir um pouco ou especular a vida da vítima da vez
A internet ainda tem muito pouco tempo de vida, por isso, muita gente “não faz por mal”, apenas queria ter contado uma fofoca para os amigos ou mostrado a vergonha do outro, ela só queria rir um pouco ou especular a vida da vítima da vez

Poderia contar que recebi, ainda esses dias, através de uma rede social, um famoso même com uma conotação sexual ironizando um menino (não mais que 15 anos) semi-nu. Muita gente rindo, reproduzindo e compartilhando.  Sim, eu poderia contar detalhes, mas isso é um caso que inventei, ou seja, não é verdade, é mera ilustração do que vem acontecendo diariamente.

Imagens que com freqüência deve chegar até você, vídeos (não autorizados) de moças em cenas íntimas, ou uma foto de uma pessoa fatalmente morta, mais fotos comprometedoras de celebridades, ou qualquer exposição da pessoa da vez.  Independe idade, gênero, status social, se você foi flagrado, você vai  passar por humilhação, julgamento e provável reprovação social.

Esse texto não é a você que estava com celular na hora certa e gravou, para poder mostrar aos amigos, não, não perderia meu tempo aqui falando da tua mesquinha, pequena e cruel atitude. Também não gastaria minhas linhas, pensando numa forma de ti dizer que tua vida deve ser tão vazia que tu te ocupou em fazer uma maldade, ou que talvez tu seja um ignorante e não tivesse proporção do ato, pois é vítima de uma cultura e blá, blá, blá. Esse texto não é sobre alguém que quis fazer uma mínima maldade e se transformou numa máxima tristeza, esse texto é para você que, sem perceber e pensar, reproduz muita coisa que recebe. De que forma?? COMPARTILHANDO!

Não é mais novidade os inúmeros artigos que falam do desrespeito on-line, muitas são as notícias sobre o assunto, freqüentes orientações voltadas aos pais e filhos, da mesma forma, palestras de profissionais e professores debatendo com alunos sobre o triste assunto.  Apesar dos esforços de muitos, porque ainda ficamos sabendo de pessoas com vidas devastadas por um viral compartilhamento? Por que estamos fazendo isso? Por que nossa curiosidade é tão grande a ponto de destruir vidas? Por que os pré-julgamentos sobre a conduta da vítima? Por quê? Por quê? Por quê?  Várias perguntas, sem explicações, respostas nada objetivas e convincentes, dentre elas: Eu não sabia que tomaria esta proporção, eu somente mandei para um grupo de amigos, a Fulana me pediu para ver e outras.

Muita gente que esta aqui lendo isso hoje, nasceu já no universo on-line onde “só existo ou sou interessante quando publico algo que é compartilhado, curtido, comentado e etc”. A internet ainda tem muito pouco tempo de vida, por isso, muita gente “não faz por mal”, apenas queria ter contado uma fofoca para os amigos ou mostrado a vergonha do outro, ela só queria rir um pouco ou especular a vida da vítima da vez.  

Assim como minha avó fazia quando conversava com vizinha na janela da casa, assim, isso mesmo pura fofoca, assim como eu mesma, ser humano que sou, faço com os mais íntimos, fofoca.  Viver em sociedade, infelizmente, tem destas coisas, só que com a internet as fofocas tem causado suicídios, a curiosidade alheia e desejo de ver e mostrar o outro em situação humilhante tem destruído famílias. A questão é por quantas gerações mais vamos reproduzir a conduta perversa que vivemos, onde as vítimas são expostas,  pré julgadas, acusadas e condenadas?

Somos seres humanos temos capacidades incríveis de evolução. Talvez o passo acima da escada da vida seja entender nossos mecanismos internos, que possuímos “fraquezas” como o egocentrismo que nada mais é, um individuo que só pensa em si mesmo. E por outro lado, entender que temos recursos internos “vantajoso” como a  EMPATIA  que é a capacidade de se coloca no lugar do outro.  Compreender como funcionamos  é uma dica para você que compartilha. Pense antes de apertar o dedinho escolha qual mecanismo destes você quer usar, pense se você quer APAGAR O FOGO OU CAUSAR O INCENDIO?

Atendimento Psicóloga Josiane Milech - CRP 07/22398
Rua General Osório, 721 - Apto 101.
Telefone: (53) 9-8409-3324 e 9-8112-5010.

Confira também:
Médica veterinária Tainá Gonçalves fala de FIV/FELV
HCC recebe recurso de R$ 95 mil do Governo Estadual
Cadeirante busca atendimento em Canguçu para voltar a andar
APAE terá R$ 200 mil a mais para alunos especiais em 2018
Campanha arrecada R$ 11,6 mil para criança de Piratini
HCC não tem previsão de pagar os funcionários
Dentes tortos podem causar dor de cabeça e problemas na articulação
Prezado leitor:
- Para enviar um comentário, é preciso possuir uma conta no Facebook e fazer login nela.
- O comentário é de inteira responsabilidade do autor da mensagem e não representa a opinião do site Canguçu On Line.
 
  • Canguçu On Line
ENQUETE
Sobre a instalação de 3 semáforos entre a Av. Exército Nacional e a R. Júlio de Castilhos?
Sou a favor
Sou contra

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
19.01.18
As principais notícias da semana em ...
19.01.18
Veja onde comprar o Jornal Tradição ...
19.01.18
3 ônibus sairão de Canguçu para acom...
19.01.18
Torneio Municipal de Vôlei de Duplas...
19.01.18
Precisa de crédito? Faça uma simulaç...
19.01.18
Funerária Santo Antônio: 50 anos de ...
19.01.18
Verão na Estillosa com descontos de ...
19.01.18
LM Baterias com deslocamento grátis ...
18.01.18
Revestimentos e pisos modernos você ...
18.01.18
Aposentada pede ajuda para realizar ...
18.01.18
Leitora reclama da qualidade da água...
18.01.18
Shanadu terá nova loja em Canguçu...
18.01.18
Igreja Matriz tem parede lateral pic...
18.01.18
Horários e roteiros do transporte co...
18.01.18
Promoção bombástica das Lojas Estrel...
18.01.18
E os pastéis doces da Pastelaria Paz...
18.01.18
Você sabe o que é Bitcoin?...
18.01.18
Supermercados Heling com novas ofert...
18.01.18
Dra Stela Mota fala sobre ronco e ap...
17.01.18
O futuro da ONG Morena Flor em novo ...
+
Lidas
1
Funerária Santo Antônio: 50 anos de experiên...
2
Faça sua mamografia na Radiol Centro de Diag...
3
E os pastéis doces da Pastelaria Paz, já pro...
4
Marmoraria Duarte: tudo em mármores, granito...
5
Saiba mais sobre o atendimento psicológico d...
6
Studio Stael Palivorda com ambiente climatiz...
7
Kids Mania com lindas novidades de verão...
8
Móveis Rústicos em madeira você encontra na...
9
Médica veterinária Tainá Gonçalves fala de F...
10
LM Baterias com deslocamento grátis até 30 q...
  • Canguçu On Line
Canguçu On Line - O Jornal diário de Canguçu © 2018 - Todos os direitos reservados