Canguçu, sábado, 18 de novembro de 2017, 02h42
Compartilhe:
ESPAÇO DO LEITOR - 07/10/2017
Vida além da vida: Acreditando ou não...
Foto: Canguçu On Line
Nilton Moreira, 64 anos, aborda assuntos relacionados à fé e à luz da Doutrina Espírita
Nilton Moreira, 64 anos, aborda assuntos relacionados à fé e à luz da Doutrina Espírita
Nilton Moreira, 64 anos, aborda assuntos relacionados à fé e à luz da Doutrina Espírita

Grande parcela de pessoas no mundo não acredita em um Criador e nem tampouco em vida após a morte. Outros esperam o descanso perpétuo com sono eterno. É compreensível a teoria destas pessoas, pois estão convictas serem formadas de apenas matéria e que a inteligência exteriorizada pelo cérebro também e coisa material e que após o passamento entrará também em decomposição, e analisando-se por este prisma essa fração de pessoas tem suas razões.

Mas todas elas encontram grande dificuldade em provar a não existência do Criador, pois não conseguem explicar tudo que existe e que não é obra do homem. Um amigo meu chegou a dizer: “nós estamos todos abandonados aqui”. Mas nossa preocupação não deve ser com esta minoria que não acredita na existência de um Arquiteto do Universo e nem com quem afirma ser o túmulo o fim de tudo.

Devemos sim procurar esclarecer cada vez mais quem procura explicações dos motivos que nos levaram a aportar na carne, já que não somos apenas matéria. Também não devemos insistir que tenha vida após o passamento para aquelas pessoas que não se interessam pelo assunto. Jesus mesmo na época que esteve aqui trazendo a boa nova, não forçou ninguém a acompanha-lo e nem a acreditar no que dizia!

Mas apesar dos materialistas não crerem em vida após a morte, rendem homenagens e visitam sepulturas onde sabemos que ali nada existe, pois que o espírito que habitava o corpo se tornou livre e encontra-se na espiritualidade preparando uma nova reencarnação. Vemos túmulos ostentando poder na maioria das vezes com custo mais alto que uma casa onde reside família de baixa renda.

Outro dia ouvindo o comentário de amigos, um disse ao outro que acumulava bens para deixar aos filhos, e que procurava adquirir cada vez mais. Sinceramente acreditamos que a alegação de deixar para os filhos é apenas um pretexto para esconder a ambição e o apego aos bens materiais, pois a literatura está repleta de mensagens de desencarnados que ficam longo tempo na espiritualidade, ligados aos bens terrenos, influenciando os que ficam, muitas vezes prejudicando a venda dos bens destinada aos herdeiros.

O bem maior que podemos deixar aos filhos é o conhecimento, proporcionando-lhes estudos para se estruturarem e conquistar seus próprios objetivos, pois viemos a este Planeta sem nada, e sem nada retornaremos, acreditando ou não num Criador e em vida após o passamento. É simples.

O AUTOR
O texto é uma colaboração de Nilton Moreira, 64 anos, natural de Pelotas e morador do município de Redentora, no Noroeste do Rio Grande do Sul. Moreira é inspetor de Polícia aposentado, possui formação em Eletrônica, é trabalhador e palestrante na ceara Espírita. Nos textos que escreve, ele aborda assuntos relacionados à fé e à luz da Doutrina Espírita.

Confira também:
Divulgue no Canguçu On Line a sua boa ação de Natal
Bons amigos, de André Pereira
Vida além da vida: Puxão de orelha ou...
Terreno baldio no bairro Prado preocupa leitora
Atraso nos serviços da CORSAN geram transtornos para cliente
Leitora pede ajuda para reerguer casa após incêndio
Leitora relata insegurança e medo no interior do município
Prezado leitor:
- Para enviar um comentário, é preciso possuir uma conta no Facebook e fazer login nela.
- O comentário é de inteira responsabilidade do autor da mensagem e não representa a opinião do site Canguçu On Line.
 
ENQUETE
Sobre a exposição de veículos para venda em via pública:
Deve ser liberada.
Deve ser limitada a 2 veículos por estabelecimento.
Deve ser proibida.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
17.11.17
As principais mundanças da Reforma T...
17.11.17
Associação dos Contadores promove pa...
17.11.17
Conselho Administrativo da COOESC re...
17.11.17
5ª Semana da Consciência Negra de Ca...
17.11.17
Natal antecipado é na Estillosa...
17.11.17
Pensando em adquirir seu carro? Fina...
17.11.17
Senna Auto Center: cuidando do seu v...
17.11.17
LM Baterias com deslocamento grátis ...
17.11.17
Mega Feirão Lojas Frank: de 22 a 25 ...
17.11.17
Funerária Santo Antônio: 50 anos de ...
16.11.17
Confira as ofertas do Supermercado H...
16.11.17
Veja os seis casamentos anunciados p...
16.11.17
Horários de ônibus de Canguçu para o...
16.11.17
Divulgue no Canguçu On Line a sua b...
16.11.17
Município debate tratamento para cri...
16.11.17
Móveis projetados nas Lojas Estrela...
16.11.17
Já provou o pastel de camarão da Pas...
16.11.17
PASA Produtos Agrícolas traz à Cangu...
16.11.17
Entenda mais sobre a toxina botulíni...
15.11.17
Feriado para ver o Festival de Banda...
+
Lidas
1
Funerária Santo Antônio: 50 anos de experiên...
2
Horários de ônibus de Canguçu para outras ci...
3
Já provou o pastel de camarão da Pastelaria ...
4
Marmoraria Duarte: tudo em mármores, granito...
5
Confira os serviços da Clínica Brasil Canguç...
6
PASA Produtos Agrícolas traz à Canguçu: Ener...
7
Senna Auto Center: cuidando do seu veículo...
8
Conheça a linha de salas de jantar da Eletro...
9
Kids Mania com lindas novidades de verão...
10
Natal dos Sonhos é no Mundo Real ...
  • Canguçu On Line
Canguçu On Line - O Jornal diário de Canguçu © 2017 - Todos os direitos reservados