Canguçu, quinta-feira, 25 de maio de 2017, 15h14
Compartilhe:
ESPAÇO DO LEITOR - 11/03/2017
Vida Além da Vida: Busca interior
Foto: Canguçu On Line
Nilton Moreira, 63 anos, aborda assuntos relacionados à fé e à luz da Doutrina Espírita
Nilton Moreira, 63 anos, aborda assuntos relacionados à fé e à luz da Doutrina Espírita
Nilton Moreira, 63 anos, aborda assuntos relacionados à fé e à luz da Doutrina Espírita

Estamos todos procurando dias melhores e que tudo aconteça com um final feliz também para quem nos rodeia e amamos. Para tanto, tem uma gama de pessoas que procuram nos locais religiosos, templos, igrejas, capelas a harmonia almejada. Outros procuram ajuda indo consultar-se com pessoas que se propõem trazer soluções rápidas e até mágicas.

Tem aquelas que vão a ambiente de relaxamento corporal para ali conseguir alívio para as tensões, enquanto que outros vão para retiros espirituais, isolando-se por algum período em meditação profunda. Tudo isso são medidas que realmente mexem com o psíquico e de fato podem ensejar alguma melhora, pois acima de tudo está a nossa mente que tem o poder de fazer com que o corpo produza substâncias proporcionando melhora, desencadeando uma harmonia geral.

Nossa mente está mergulhada nas ondas hertzianas e quando emitimos pensamentos bons vibramos numa frequência onde se-encontra esse tipo de energia e, é nesse ambiente invisível que também estão envoltas as mentes dos Benfeitores Espirituais elevados. São esses espíritos amigos que quando permitimos em razão de nossa conduta, entrem em contato conosco intuindo, ajudando-nos na feitura de melhores dias e na solução de nossos problemas. Jesus nas suas exemplificações dizia: “pedi e obtereis, busca e acharas”.

Devemos fazer tudo que é possível para nossa melhoria, e se empreendermos toda força possível para fazer merecer o que almejamos, realmente haverá benesses. Mas devemos considerar que nem tudo que buscarmos ou pedirmos nos será concedido efetivamente, pois o Criador só permite que algo aconteça da maneira que realmente queremos, quando merecemos ou se esse algo possibilitará nosso crescimento espiritual. Às vezes o que pedimos não é bom para nós ali adiante e como somos ainda imperfeitos, sempre desejamos que as coisas se processem da maneira mais cômoda e geralmente esta não é a visão que Ele tem para conosco.

Certo é que ao emitirmos bons pensamentos e uma vida comprometida com o comportamento mais correto possível e somado a fé que demonstramos quando vamos às casas de orações, vamos canalizar para nós as energias necessárias que vão melhorar a saúde corpo físico e harmonizar nosso períspirito ou corpo astral, como queiram dizer. A cada existência vamos evoluindo um pouco e compreendendo as questões que envolvem os por quês da vida.

O Evangelho não é um ensinamento que vamos absorver em uma única existência planetária. Vão se passar várias vidas e o Espírito que somos vai por muito tempo se deparar com esta maravilha de conhecimento, e aos poucos através da prática no bem vamos nos modificar e caminhar na direção do progresso, obtendo a paz interior. Mas se olharmos para nosso passado, certamente veremos que muito já progredimos moralmente e que hoje somos melhores. A modificação do comportamento moral é algo difícil de trabalhar, mas é algo que devemos perseguir e avançar. Sejamos perseverantes.

O AUTOR
O texto é uma colaboração de Nilton Moreira, 63 anos, natural de Pelotas e morador do município de Redentora, no Noroeste do Rio Grande do Sul. Moreira é inspetor de Polícia aposentado, possui formação em Eletrônica, é trabalhador e palestrante na ceara Espírita. Nos textos que escreve, ele aborda assuntos relacionados à fé e à luz da Doutrina Espírita.

Confira também:
Ponte em más condições ocasiona acidente
Levante Popular da Juventude: Diretas já!
Vida além da vida: Equilíbrio
O silêncio das coxilhas, de André Pereira
Vida além da vida: O grande “bbb”
Leitora sugere implementação da língua pomerana nas escolas
Vida além da vida: Joio do trigo
Prezado leitor:
- Para enviar um comentário, é preciso possuir uma conta no Facebook e fazer login nela.
- O comentário é de inteira responsabilidade do autor da mensagem e não representa a opinião do site Canguçu On Line.
 
ENQUETE
Sobre a exposição de veículos para venda em via pública:
Deve ser liberada.
Deve ser limitada a 2 veículos por estabelecimento.
Deve ser proibida.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
08:37:07
Conheça o atendimento da psicóloga J...
08:30:06
De 22 a 27 de maio: semana dos móvei...
08:28:44
Lojas Frank: Tudo para sua casa e co...
08:10:35
Confira as ofertas dos Supermercados...
08:03:48
Conheça as novas instalações da Past...
24.05.17
Levante Popular da Juventude: Direta...
24.05.17
Agência Sine de Canguçu divulga vaga...
24.05.17
Studio Satel Palivorda e AABB fazem ...
24.05.17
Conheça a Radiol Centro de Diagnósti...
24.05.17
NovaNET com agilidade e velocidade p...
24.05.17
Nutricionalle Nutrição Clínica e Pro...
23.05.17
Açougue de Pelotas comprava carne de...
23.05.17
FOTOS: Canguçu na Luta Antimanicomia...
23.05.17
Mais um foragido é preso no Centro...
23.05.17
Semana Legislativa terá noite cultur...
23.05.17
Sicredi destina R$ 26 mil do Fundo S...
23.05.17
Coleção outono-inverno da Kids Mania...
23.05.17
Conheça a linha de ambientes planeja...
23.05.17
Laboratório Mogar Silveira: exames t...
23.05.17
Vital Pet Consultório Veterinário: t...
+
Lidas
1
Funerária Santo Antônio: 50 anos de experiên...
2
Conheça a Radiol Centro de Diagnóstico por I...
3
Conheça o atendimento da psicóloga Josiane M...
4
Laboratório Mogar Silveira: exames toxicológ...
5
Empresa Millenium divulga destaques 2017...
6
Agência Sine de Canguçu divulga vagas de emp...
7
Conheça as novas instalações da Pastelaria P...
8
Congregação Luterana São Pedro inaugura nova...
9
Homem é preso por embriaguez ao volante...
10
Ponte em más condições ocasiona acidente...
  • Canguçu On Line
Canguçu On Line - O Jornal diário de Canguçu © 2017 - Todos os direitos reservados