Canguçu, sábado, 20 de janeiro de 2018, 08h48
Compartilhe:
ESPAÇO DO LEITOR - 11/11/2017
Vida além da vida: Puxão de orelha ou...
Foto: Canguçu On Line
Nilton Moreira, 64 anos, aborda assuntos relacionados à fé e à luz da Doutrina Espírita
Nilton Moreira, 64 anos, aborda assuntos relacionados à fé e à luz da Doutrina Espírita
Nilton Moreira, 64 anos, aborda assuntos relacionados à fé e à luz da Doutrina Espírita

De um momento para outro acontece algo na vida da gente que nos deixa perplexo. São muitos os acontecimentos e lembrei alguns como as doenças umas graves e outras não; a perda de ente querido; uma ofensa de pessoa que amamos; um acidente ou um assalto que está comum nos dias atuais, e nestas ocasiões é que realmente descobrimos que somos muito frágeis, e nos vem à mente que somos impotentes perante muitas coisas.

Passamos então a vislumbrar que fatos semelhantes estavam acontecendo a nossa volta a cada minuto, mas como não nos dizia respeito não nos envolvíamos, mas quando se trata de nós, aí queremos a atenção de todos e caímos na realidade que as tristezas são para todos.

Lembramo-nos de Deus que às vezes estava um pouco esquecido pela correria do dia a dia, e até aquela prece que deveríamos fazer constantemente de agradecimento e não vínhamos exteriorizando, proferimos. Pensamos então que deveria ser um castigo, pois não andávamos ultimamente no caminho correto. Tudo passa por nossa mente quando a dificuldade chega.

Realmente concluímos que levamos um “puxão de orelha”, não claro pela perda de um ente querido, pois a volta à pátria espiritual é o acontecimento mais certo deste que nascemos e é para todos, mas nas demais angústias certamente é a Providência Divina nos chamando atenção para algo muito grandioso. Certamente se o ruim nos acontece, não é sem motivo, pois acasos não tem espaço na Lei do Pai. 

Como somos devedores de tristezas que causamos em vidas passadas a outrem, temos de enfrentar algumas provas nesta atual, e sempre o que nos acontecer de ruim está graduado no mal maior que devemos passar no momento. Se a doença embora grave não causou o desencarne ou se o assalto ficou apenas na subtração dos bens materiais ou no susto, é em razão do nosso merecimento.

Os Espíritos disseram ao Mestre Kardec que eles não mexem na trajetória da “bala”, nem empurram a mão do atirador, mas o fazem quando do merecimento, tirar da linha do tiro a vítima. Portanto não estamos abandonados aqui como muitos pensam.

Devemos sim nos envolver mais com os outros que passam por momentos difíceis, deixando o orgulho de lado que não leva a nada. Saibamos que somos todos devedores aqui na Terra, que é um Planeta de provas e expiações, e em dado momento chega a nossa vez de levar não apenas puxão de orelha, mas quem sabe uma rasteira bem dada, pois está no nosso merecimento. Muita paz a todos.

O AUTOR
O texto é uma colaboração de Nilton Moreira, 64 anos, natural de Pelotas e morador do município de Redentora, no Noroeste do Rio Grande do Sul. Moreira é inspetor de Polícia aposentado, possui formação em Eletrônica, é trabalhador e palestrante na ceara Espírita. Nos textos que escreve, ele aborda assuntos relacionados à fé e à luz da Doutrina Espírita.

Confira também:
Leitora reclama da qualidade da água em Canguçu
Vida além da vida: Desencarnes com acidentes
Vida além da vida: Mal a serviço do bem
Vida além da vida: Apenas agradecer
Vida além da vida: Discrepâncias
Leitora procura por cadelinha desaparecida na Vila Nova
Leitor relata condições de estrada após ser patrolada
Prezado leitor:
- Para enviar um comentário, é preciso possuir uma conta no Facebook e fazer login nela.
- O comentário é de inteira responsabilidade do autor da mensagem e não representa a opinião do site Canguçu On Line.
 
  • Canguçu On Line
ENQUETE
Sobre a instalação de 3 semáforos entre a Av. Exército Nacional e a R. Júlio de Castilhos?
Sou a favor
Sou contra

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
19.01.18
As principais notícias da semana em ...
19.01.18
3 ônibus sairão de Canguçu para acom...
19.01.18
Precisa de crédito? Faça uma simulaç...
19.01.18
Funerária Santo Antônio: 50 anos de ...
19.01.18
Verão na Estillosa com descontos de ...
19.01.18
LM Baterias com deslocamento grátis ...
18.01.18
Revestimentos e pisos modernos você ...
18.01.18
Aposentada pede ajuda para realizar ...
18.01.18
Shanadu terá nova loja em Canguçu...
18.01.18
Igreja Matriz tem parede lateral pic...
18.01.18
Horários e roteiros do transporte co...
18.01.18
Promoção bombástica das Lojas Estrel...
18.01.18
E os pastéis doces da Pastelaria Paz...
18.01.18
Você sabe o que é Bitcoin?...
18.01.18
Supermercados Heling com novas ofert...
18.01.18
Dra Stela Mota fala sobre ronco e ap...
17.01.18
O futuro da ONG Morena Flor em novo ...
17.01.18
Saiba mais sobre o atendimento psico...
17.01.18
Faça sua mamografia na Radiol Centro...
17.01.18
Studio Stael Palivorda com ambiente ...
+
Lidas
1
Funerária Santo Antônio: 50 anos de experiên...
2
Faça sua mamografia na Radiol Centro de Diag...
3
E os pastéis doces da Pastelaria Paz, já pro...
4
Marmoraria Duarte: tudo em mármores, granito...
5
Saiba mais sobre o atendimento psicológico d...
6
Studio Stael Palivorda com ambiente climatiz...
7
Kids Mania com lindas novidades de verão...
8
Móveis Rústicos em madeira você encontra na...
9
Médica veterinária Tainá Gonçalves fala de F...
10
LM Baterias com deslocamento grátis até 30 q...
  • Canguçu On Line
Canguçu On Line - O Jornal diário de Canguçu © 2018 - Todos os direitos reservados