Canguçu, sábado, 18 de novembro de 2017, 00h49
Compartilhe:
ESPAÇO DO LEITOR - 11/11/2017
Vida além da vida: Puxão de orelha ou...
Foto: Canguçu On Line
Nilton Moreira, 64 anos, aborda assuntos relacionados à fé e à luz da Doutrina Espírita
Nilton Moreira, 64 anos, aborda assuntos relacionados à fé e à luz da Doutrina Espírita
Nilton Moreira, 64 anos, aborda assuntos relacionados à fé e à luz da Doutrina Espírita

De um momento para outro acontece algo na vida da gente que nos deixa perplexo. São muitos os acontecimentos e lembrei alguns como as doenças umas graves e outras não; a perda de ente querido; uma ofensa de pessoa que amamos; um acidente ou um assalto que está comum nos dias atuais, e nestas ocasiões é que realmente descobrimos que somos muito frágeis, e nos vem à mente que somos impotentes perante muitas coisas.

Passamos então a vislumbrar que fatos semelhantes estavam acontecendo a nossa volta a cada minuto, mas como não nos dizia respeito não nos envolvíamos, mas quando se trata de nós, aí queremos a atenção de todos e caímos na realidade que as tristezas são para todos.

Lembramo-nos de Deus que às vezes estava um pouco esquecido pela correria do dia a dia, e até aquela prece que deveríamos fazer constantemente de agradecimento e não vínhamos exteriorizando, proferimos. Pensamos então que deveria ser um castigo, pois não andávamos ultimamente no caminho correto. Tudo passa por nossa mente quando a dificuldade chega.

Realmente concluímos que levamos um “puxão de orelha”, não claro pela perda de um ente querido, pois a volta à pátria espiritual é o acontecimento mais certo deste que nascemos e é para todos, mas nas demais angústias certamente é a Providência Divina nos chamando atenção para algo muito grandioso. Certamente se o ruim nos acontece, não é sem motivo, pois acasos não tem espaço na Lei do Pai. 

Como somos devedores de tristezas que causamos em vidas passadas a outrem, temos de enfrentar algumas provas nesta atual, e sempre o que nos acontecer de ruim está graduado no mal maior que devemos passar no momento. Se a doença embora grave não causou o desencarne ou se o assalto ficou apenas na subtração dos bens materiais ou no susto, é em razão do nosso merecimento.

Os Espíritos disseram ao Mestre Kardec que eles não mexem na trajetória da “bala”, nem empurram a mão do atirador, mas o fazem quando do merecimento, tirar da linha do tiro a vítima. Portanto não estamos abandonados aqui como muitos pensam.

Devemos sim nos envolver mais com os outros que passam por momentos difíceis, deixando o orgulho de lado que não leva a nada. Saibamos que somos todos devedores aqui na Terra, que é um Planeta de provas e expiações, e em dado momento chega a nossa vez de levar não apenas puxão de orelha, mas quem sabe uma rasteira bem dada, pois está no nosso merecimento. Muita paz a todos.

O AUTOR
O texto é uma colaboração de Nilton Moreira, 64 anos, natural de Pelotas e morador do município de Redentora, no Noroeste do Rio Grande do Sul. Moreira é inspetor de Polícia aposentado, possui formação em Eletrônica, é trabalhador e palestrante na ceara Espírita. Nos textos que escreve, ele aborda assuntos relacionados à fé e à luz da Doutrina Espírita.

Confira também:
Divulgue no Canguçu On Line a sua boa ação de Natal
Bons amigos, de André Pereira
Terreno baldio no bairro Prado preocupa leitora
Atraso nos serviços da CORSAN geram transtornos para cliente
Leitora pede ajuda para reerguer casa após incêndio
Leitora relata insegurança e medo no interior do município
Vida além da vida: Hino e prece
Prezado leitor:
- Para enviar um comentário, é preciso possuir uma conta no Facebook e fazer login nela.
- O comentário é de inteira responsabilidade do autor da mensagem e não representa a opinião do site Canguçu On Line.
 
ENQUETE
Sobre a exposição de veículos para venda em via pública:
Deve ser liberada.
Deve ser limitada a 2 veículos por estabelecimento.
Deve ser proibida.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
17.11.17
As principais mundanças da Reforma T...
17.11.17
Associação dos Contadores promove pa...
17.11.17
Conselho Administrativo da COOESC re...
17.11.17
5ª Semana da Consciência Negra de Ca...
17.11.17
Natal antecipado é na Estillosa...
17.11.17
Pensando em adquirir seu carro? Fina...
17.11.17
Senna Auto Center: cuidando do seu v...
17.11.17
LM Baterias com deslocamento grátis ...
17.11.17
Mega Feirão Lojas Frank: de 22 a 25 ...
17.11.17
Funerária Santo Antônio: 50 anos de ...
16.11.17
Confira as ofertas do Supermercado H...
16.11.17
Veja os seis casamentos anunciados p...
16.11.17
Horários de ônibus de Canguçu para o...
16.11.17
Divulgue no Canguçu On Line a sua b...
16.11.17
Município debate tratamento para cri...
16.11.17
Móveis projetados nas Lojas Estrela...
16.11.17
Já provou o pastel de camarão da Pas...
16.11.17
PASA Produtos Agrícolas traz à Cangu...
16.11.17
Entenda mais sobre a toxina botulíni...
15.11.17
Feriado para ver o Festival de Banda...
+
Lidas
1
Funerária Santo Antônio: 50 anos de experiên...
2
Horários de ônibus de Canguçu para outras ci...
3
Já provou o pastel de camarão da Pastelaria ...
4
Marmoraria Duarte: tudo em mármores, granito...
5
Confira os serviços da Clínica Brasil Canguç...
6
PASA Produtos Agrícolas traz à Canguçu: Ener...
7
Senna Auto Center: cuidando do seu veículo...
8
Conheça a linha de salas de jantar da Eletro...
9
Kids Mania com lindas novidades de verão...
10
Natal dos Sonhos é no Mundo Real ...
  • Canguçu On Line
Canguçu On Line - O Jornal diário de Canguçu © 2017 - Todos os direitos reservados